World Library  
  


  
Add to Book Shelf
Flag as Inappropriate
Email this Book

Sem Bandeiras : Poesias: Poesias

By Simões, Teotonio

Click here to view

Book Id: WPLBN0100303683
Format Type: PDF (eBook)
File Size: 292.08 KB.
Reproduction Date: 2/15/2006

Title: Sem Bandeiras : Poesias: Poesias  
Author: Simões, Teotonio
Volume:
Language: Portuguese
Subject: Fiction, Drama and Literature, Literatura brasileira
Collections: Poetry, Authors Community
Historic
Publication Date:
2006
Publisher: eBooksBrasil.org
Member Page: Teotonio Simoes

Citation

APA MLA Chicago

Simões, L. T., & Frank Simões, Illustrato, M. I. (2006). Sem Bandeiras : Poesias. Retrieved from http://gutenberg.cc/


Description
Edição Gutenberg: Editora Semente — 1981 1a. Edição EPG (era pós Gutenberg) — 9 de agosto de 1999 RocketEdition Sobre esta edição: — Não foi por acaso que escolhi o Sem Bandeiras como meu primeiro livro (e talvez o primeiro em lingua portuguesa) a ser publicado para ser lido no Rocket eBook, na forma de eBook, fora de uma tela de computador. Foi para deixar patente minha esperança de que a poesia permanecerá mais importante do que a tecnologia, os sentimentos mais importantes do que os bits, que semear continuará sendo mais importante do que colher... [Da RocketEdition de agosto de 1999]

Summary
Como se fosse prefácio... “O mundo está cheio de poetas...e as livrarias cheias de livros de poesia encalhados. (Talvez isso também venha a acontecer com ebooks de poesia:). Mas a poesia continua e continuará sendo uma forma de expressão em que, resumidamente, pelo sentimento, podemos comunicar, muitas vezes, muito mais do que por outras formas. É, em linguagem parnasiana, o encontro de almas. E, se uma alma só que seja se encontrar com a do poeta, valeu à pena. Talvez, leitor/a, a alma seja a sua. E, se for, pode ter certeza: foi um imenso prazer conhecer você”

Excerpt
"Semear sem pensar que a colheita te pertence. Sem pensar que a terra te pertence Sem pensar que a semente te pertence. Semear. Sem pensar que é semente única perfeita só feita por você. Semear. Sem imaginar que é tudo desprendimento. Achando que a semeadura é tudo e a colheita nada. Semear sabendo que a colheita virá um dia. Sabendo que o importante não é colher, mas que a colheita um dia virá. Apesar de quem semeou. Porque alguém semeou. Mesmo que não esteja presente na seara."

Table of Contents
ÍNDICE Sem Bandeiras Semear Nasceu por nascer A título do que Passageiro desta vida Passageiro (1) Passageiro (2) E o encanto? Liberdade Você foi feito E faça-se a ordem Por onde andou Será preciso? Gostaria de entender Por estranho que pareça Um dia soube Nem consigo Amar não é prisão Os salvadores Monumentos de cimento Isolou-se As mediocridades Simples Harmonia Apesar de tudo isto E de repente... Há algo de morto Às vezes Dias inúteis Dentro de mim Do Trampolim Até onde alcança Quem sabe o que procura Brincar de viver Lentamente... A gente Nossos sonhos... Terra a terra Um pássaro Teatrinho: A caça Cizabels Leozinho O Lago Imensidões Problemas? Perguntas e respostas Orvalho Absolutos Comunicação

 
 



Copyright © World Library Foundation. All rights reserved. eBooks from Project Gutenberg are sponsored by the World Library Foundation,
a 501c(4) Member's Support Non-Profit Organization, and is NOT affiliated with any governmental agency or department.